Nós Construímos Joinville!

Formulário de busca

Palavras da Diretoria

Você está em: Página Inicial » Palavras da Diretoria » Moradia para todos

15.05.2013

Moradia para todos

O sonho da casa própria ficou mais perto de se tornar realidade para uma significativa parcela da população brasileira graças ao Programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal. O que parecia impossível para muita gente há alguns anos, agora é uma possibilidade bem mais acessível.

Com a meta de reduzir o déficit habitacional no país, o Programa já está em sua segunda fase com mais de dois milhões de empreendimentos contratados. E o melhor: beneficia diretamente as famílias de baixa renda, acelerando e democratizando o acesso à moradia própria.

Na área urbana, o Programa é dividido em três faixas de renda mensal: até R$ 1.600 (faixa 1), até R$ 3.100 (2) e até R$ 5 mil (3). Na área rural, as faixas de renda são anuais: até R$ 15 mil (1), até R$ 30 mil (2) e até R$ 60 mil (3). Os benefícios e vantagens são maiores nas faixas de menor renda e a prioridade são as mulheres que chefiam famílias e famílias com idosos e pessoas com deficiência.

Entre as vantagens que o Minha Casa Minha Vida oferece estão subsídios que podem superar R$ 20 mil, dependendo da faixa de renda familiar, parcelas decrescentes depois das chaves, menores taxas de impostos e financiamentos, parcelamento em 360 meses, juros reduzidos, entradas facilitadas, isenção ou desconto no custo de seguros e despesas em cartório, aprovação rápida de crédito e possibilidade de uso do FGTS.

O Sindicato da Indústria da Construção Civil de Joinville (Sinduscon), que contribui fortemente para o crescimento da cidade e defende o acesso à moradia digna, comemora os bons resultados do Programa Minha Casa Minha Vida e defende a manutenção de medidas e ações que possam garantir cada vez mais o conforto e a segurança da população.

A Diretoria Sinduscon 

Minha Casa, Minha Vida:

1,2 milhão de moradias entregues, 820 mil empregos

diretos e indiretos

O Programa Minha Casa, Minha Vida, com as suas parcerias, tornou-se vitorioso ao possibilitar o acesso de milhões de famílias brasileiras à casa própria. Em 29 de abril, no evento “Minha Casa, Minha Vida e Parcerias: Gargalos e Propostas”, realizado em São Paulo, empresas da construção civil, entidades do setor e trabalhadores, com a presença de agentes do governo federal, estadual e municipal convidados, iniciaram um esforço para discutir e colocar em prática um grande conjunto de soluções que visam agilizar e propor novos caminhos. Através do Programa foram contratadas 2,6 milhões de moradias, das quais já entregou 1,2 milhão e gera 820 mil empregos diretos e indiretos.

O Minha Casa, Minha Vida significou uma verdadeira mudança de paradigma para a política de produção de moradia no Brasil, contribuindo para a formalidade do setor. Modelo de qualidade que hoje é referência em vários países. E é por isso que a indústria da construção civil está unida para superar os gargalos e as dificuldades, aperfeiçoar e ampliar o Programa e cumprir a sua meta principal de eliminar o déficit habitacional brasileiro.

As informações são da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (CBIC).