Nós Construímos Joinville!

Formulário de busca

Palavras da Diretoria

Você está em: Página Inicial » Palavras da Diretoria » Dia Nacional da Construção Social

21.08.2013

Dia Nacional da Construção Social

Dia 17 de agosto foi o Dia Nacional da Construção Social. Criada em 2007, a data já é considerada um dos mais importantes acontecimentos na área de responsabilidade social no setor. Este ano, o tema escolhido foi “Educação para a Vida: pequenos gestos para construir uma grande cidade”. O objetivo é mostrar para toda a sociedade que a educação é fundamental na vida das pessoas para sua inserção e interação com o meio.

Idealizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), o Dia Nacional da Construção Social confirma a ideia de que o desenvolvimento sustentável – que engloba crescimento econômico, responsabilidade ambiental e preocupação com a inclusão social – se tornou palavra de ordem na indústria da construção brasileira.

Em todo o país já é possível conferir, nos canteiros de obras, os projetos sociais relacionados ao universo da educação como bibliotecas itinerantes, salas de aulas, alfabetização de adultos, cursos de capacitação, atividades de lazer para interação entre os profissionais, cartilhas que visam estimular a inclusão de mulheres no mercado, entre outras medidas.

De acordo com um estudo da Fundação Getúlio Vargas publicado na Revista Conjuntura da Construção, em 2011, o Brasil vive uma mudança no perfil educacional e etário dos trabalhadores da construção civil. “Há um contingente de profissionais cada vez mais escolarizado, com maior faixa etária, com melhor rendimento. A pouca qualificação e a informalidade regridem marcadamente, alterando o perfil da atividade como um todo”, descreve o estudo.

Para o presidente da CBIC, Paulo Safady Simão, o trabalhador deve ser visto pelos empresários como um grande parceiro no desenvolvimento de uma obra: na construção de um edifício de alto padrão, na produção de conjuntos habitacionais, de uma ponte, aeroporto ou de uma estrada. “Esses profissionais devem ser valorizados, pois somente com qualificação profissional e a incorporação de novos processos construtivos modernos e inovadores, seremos capazes de tornar a nossa atividade mais produtiva. Com isso, todos saem ganhando”, diz.

Em Joinville, o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon) sempre defendeu a qualificação e a capacitação como as principais ferramentas para o sucesso, tanto dos profissionais que atuam no setor quanto das empresas. Além da educação, o Sindicato investe em outras iniciativas sociais, contribuindo para o desenvolvimento de Joinville e, assim, garantindo benefícios para toda a sociedade.